Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Kemp lamenta morte do líder do MST Egídio Brunetto

Campo Grande, 29/11/2011

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) recebeu com bastante pesar a morte do líder do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Egídio Brunetto, que faleceu ontem após um acidente na MS 164, no município de Ponta Porã. Egídio estava a caminho da fazenda Itamaraty, onde está o maior assentamento de trabalhadores rurais do país.

 

Na sessão desta terça-feira, dia 29, o deputado Pedro Kemp e os demais parlamentares da bancada petista apresentaram uma moção de pesar a ser encaminhada aos dirigentes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e aos familiares de Egídio pelo falecimento da liderança. “Egídio sempre empunhou a bandeira do internacionalismo e da solidariedade às lutas dos povos e da classe trabalhadora, responsável pela relação do movimento com organizações camponesas na América Latina e no mundo, sendo fundador da Via Campesina Internacional”, enfatizaram no documento.

 

Egídio durante o ato em defesa dos povos indígenas, na Assembleia Legislativa.

Egídio durante o ato em defesa dos povos indígenas, na Assembleia Legislativa.

Egídio Brunetto também era um participante ativo no mandato  do deputado Pedro Kemp. Esteve presente na última sexta-feira, dia 25, do ato público em defesa dos povos indígenas, demonstrando sua preocupação com questões sociais de Mato Grosso do Sul. Egídio será enterrado em Santa Catarina, estado onde ajudou a fundar o MST.

 

Compartilhe: