Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

COVID-19: Deputado Pedro Kemp manifesta preocupação com o retorno às aulas

Campo Grande, 08/02/2021

O deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS) manifestou hoje (8) preocupação com a saúde dos alunos, professores e demais servidores da educação com o possível retorno das aulas presenciais nas escolas públicas. O deputado Pedro Kemp faz parte da Comissão de Acompanhamento da Execução Financeira de Medidas Contra o Coronavírus, da Assembleia Legislativa de MS.

Segundo o parlamentar, as escolas não estão totalmente preparadas para garantir a biossegurança necessária com as medidas de proteção contra o vírus. A Prefeitura de Campo Grande sequer adquiriu os EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual) para distribuir às escolas e o Governo do Estado ainda não enviou o material para todas as unidades escolares.

“Para garantir a segurança das pessoas em atividades num ambiente como as escolas, com centenas de alunos e dezenas de profissionais da educação, seria indispensável adotar medidas de distanciamento social mínimo e materiais de proteção como protetor facial de plástico, máscaras, luvas, aventais, álcool em gel, álcool 70, sabonete líquido, tapete higiênico, toalhas de papel, termômetro digital infravermelho”, afirmou Kemp.

O Estado de Mato Grosso do Sul enfrentou um expressivo número de contaminados pelo novo coronavírus no final do ano passado e início deste ano, contabilizando um número de internações hospitalares próximo da capacidade máxima das unidades de saúde e aumento significativo de óbitos por Covid-19. Segundo o deputado, embora estejamos numa situação um pouco melhor nos últimos dias, com redução de casos e mortes, não se pode arriscar colocando as pessoas em ambientes de aglomeração sem as devidas medidas de proteção.

“Na verdade, o que vai realmente garantir a tranqüilidade e permitir o retorno seguro das pessoas às aulas será a vacinação de todos e, neste sentido, o programa de imunização em nosso país e no estado está se dando de forma muito lenta e sem previsão de aceleração. É preciso que o Governo do Estado se empenhe mais no sentido de adquirir as vacinas com maior agilidade”, afirmou.

Sem medidas de biossegurança e sem a imunização de alunos e profissionais da educação, toda a população pode enfrentar um surto ainda maior da Covid-19. A grande maioria dos alunos das redes públicas de ensino depende do transporte coletivo para chegar às escolas. “Seria grande a aglomeração nos ônibus e a circulação de pessoas no ambiente escolar. Um infectado nesses meios pode infectar muitos outros, que ainda levarão o vírus para casa e o transmitirão aos seus familiares, inclusive a pessoas dos grupos de risco”, alertou Kemp.

O parlamentar aponta o investimento na melhoria das condições do ensino remoto para os professores e alunos, com equipamentos, plataformas, aplicativos e cadernos de atividades, como solução para a educação acontecer de forma satisfatória e segura neste momento de pandemia.

Compartilhe: