Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Debate sobre voto impresso é para desviar foco dos problemas, diz Kemp

Campo Grande, 03/08/2021

Sem provas e de forma irresponsável presidente coloca em suspeição o processo eleitoral

O deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS) durante o retorno dos trabalhos legislativos repudiou os pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro que ameaçou suspender as eleições caso o voto não seja impresso. “Fala que tem fraude, mas não apresenta nenhuma prova. Coloca em suspeição o processo eleitoral ameaçando não ter eleição se não tiver o voto impresso, ou seja, vai dar o golpe”.

Para o deputado, o debate sobre o retorno do voto impresso auditável é uma forma de desviar o foco da gestão diante da pandemia e do aumento da inflação.

“A ideia é desviar o foco criando factoides. Desde o início de sua gestão, Bolsonaro foge dos reais problemas do País e ataca a democracia. O sistema eleitoral eletrônico é usado há 25 anos sem nenhuma fraude comprovada. As urnas eletrônicas são modernas, rápidas e seguras. Com a popularidade em queda, Bolsonaro faz o debate em torno do voto impresso para tumultuar as eleições e evitar sua derrota”, disse.

Kemp disse ainda que espera que tanto o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como o STF (Superior Tribunal Federal) tomem providências a respeito dessa situação. “O TSE abriu procedimento eleitoral administrativo para investigar e se for responsabilizado nesse processo aberto pelo TSE e também pelo STF, pode ficar inelegível”. “Espero que o STF aja e não só fale ‘juridiquês’”.

O TSE encaminhou pedido ao STF para que o presidente seja investigado por disseminar notícias falsas. “Isso para apurar as mentiras que ataca a confiabilidade do voto eletrônico”.

Compartilhe: