Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Governo Temer tira do povo para beneficiar os banqueiros, denuncia Pedro Kemp

Campo Grande, 19/06/2018

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) utilizou a tribuna durante a sessão plenária desta terça-feira, (19), e denunciou a falta de compromisso do Governo Temer com o povo brasileiro. Segundo o parlamentar, em 2018 está previsto um gasto maior com o pagamento de juros da dívida pública do que com saúde e educação.

“Se somarmos o que o Governo Federal pretende gastar em saúde e educação, vamos ter um montante de R$ 250 bilhões, enquanto isso a dívida pública tem orçamento de R$ 283 bilhões. São R$ 33 bilhões a mais. Isso chega a ser uma afronta à sociedade brasileira. Temos tantas necessidades sociais, faltam remédios nos hospitais, os programas de imunização estão sendo reduzidos por falta de verba, as universidades estão sem materiais!”.

Um corte de 97% nos programas sociais comprometeu o trabalho de melhoria das condições de vida de pessoas menos favorecidas, conforme os dados. As famílias estão sendo desligadas desses programas e não é por terem conseguido emprego ou uma situação de vida melhor, mas sim pela escassez dos recursos oriundos do orçamento da União, explica.

Logo após o golpe, o Governo Temer aprovou no Congresso“Emenda do Fim do Mundo” e com essa aprovação da Emenda Constitucional nº 95, os investimentos ficaram congelados 20 anos e quem sofre as consequência é a população. “Aqui no Mato Grosso do Sul foi aprovada medida semelhante válida por dez anos. Como o País irá se desenvolver sem investimentos nas áreas prioritárias como saúde e educação?”.

“Qual o Brasil que eu quero? O momento é de reflexão, de sabermos qual Brasil que queremos para o futuro:  O País que ‘investe’ em pagar juros de dívidas ou o Brasil que olha para todos os Brasileiros?”

Compartilhe: