Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Kemp pede à SED que experiência e currículo sejam determinantes em processo seletivo para professores da área de Educação Especial

Campo Grande, 23/09/2021

O deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS) pediu à Secretaria de Estado de Educação, durante a sessão legislativa, hoje (23), que os professores com experiência na área da Educação Especial tenham prioridade no processo seletivo já que possuem conhecimentos práticos e estudos na área. “A legislação garante que a experiência e o currículo precisam ser levados em conta já que são profissionais que há anos e décadas trabalham diretamente com alunos nas entidades. São profissionais extremamente necessários, que entendem e conhecem a realidade dos alunos com deficiência”, diz Kemp.

A indicação, apresentada nesta quinta-feira, encaminhada para a secretária Maria Cecília Amêndola da Motta solicita estudos para que possa ser aplicado o artigo 17-A, §2º, da Lei Complementar 87/2000 – Estatuto do Magistério. Com isso, o processo seletivo simplificado destinado à convocação de professores para as entidades de Educação Especial, conveniadas com o Governo do Estado, possa ser mediante análise curricular e dispensada a prova objetiva. A experiência prática com os alunos com deficiência é determinante e importante para o desenvolvimento pedagógico, de acordo com as instituições que trabalham com alunas e alunos da Educação Especial. As entidades reivindicam a permanência dos professores e professoras experientes no quadro dos profissionais e a justificativa é de que o trabalho nessas escolas exige capacidade técnica e treinamento profissional, pois elas atendem diversos tipos de deficiência e transtornos de desenvolvimento.

Compartilhe: