Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte

Reivindicação dos surdos sobre intérpretes no atendimento público é tema de PL de Pedro Kemp

Campo Grande, 15/08/2018

O deputado Pedro Kemp (PT) vai apresentar proposta para atender à reivindicação dos surdos e que depois buscará mobilizar as Câmaras Municipais. “Após aprovarmos a proposta em âmbito estadual que garanta a presença do profissional intérprete nos hospitais e órgãos estaduais, precisaremos garantir que haja intérpretes também nas Unidades Básicas de Saúde. É uma causa que apoiamos, com certeza”.

 

 

A reivindicação pelo direito à comunicação foi apresentada pelo professor Adriano de Oliveira Gianotto, que lidera a comunidade de surdos em Mato Grosso do Sul. A fala dele foi traduzida por Larissa Sisti Lima, servidora concursada da Casa de Leis.  “Precisamos ter acesso aos serviços de saúde, em especial, e para isso precisamos de bons tradutores junto aos profissionais de saúde”.

Surdo de nascença, Gianotto ocupou a tribuna durante a sessão plenária desta quarta-feira (15) para pedir o apoio dos deputados estaduais. Ele lembrou que os direitos das pessoas com deficiências estão assegurados por diversas legislações federais, desde 1996, mas na prática a realidade é outra.

“Tenho dificuldade para ir ao banco, por exemplo. Na educação, notamos alguns avanços, mas na saúde temos muito que avançar. Quando um surdo precisa de atendimento médico, ele não tem com quem se comunicar”, contou, lembrando que a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) disponibiliza o ensino da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), mas falta apoio e incentivo para popularizar a capacitação.

Mestre em Desenvolvimento Local e agora doutorando, Gianotto lamentou que um Projeto de Lei prevendo intérpretes em hospitais regionais e outros estabelecimentos geridos pelo Governo do Estado tenha sido vetado pelo Executivo. Segundo Gianotto, a comunidade de surdos reúne 12 mil pessoas em Mato Grosso do Sul, sendo que aproximadamente seis mil deles residem em Campo Grande.

“Essa é a nossa luta. Peço o apoio dos deputados para que possamos discutir propostas, um novo Projeto de Lei que seja colocado em prática e que possa melhorar o estilo de vida da comunidade surda”, ressaltou Gianotto, que usou a tribuna a convite do deputado Pedro Kemp.

Jacqueline Lopes com informações da Assembleia Legislativa de MS de Fabiana Silvestre

Compartilhe: